Para completa funcionalidade deste site é necessário habilitar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como habilitar o JavaScript no seu navegador.

O que o PT está fazendo no governo de Minas

Comunicação

  1. Prioridade para publicidade
  2. Hoje em Dia denuncia intimidação e censura por parte da Seds
  3. Pimentel terá que explicar uso do dinheiro público para autopromoção e propaganda institucional irregular
  4. Governo do PT abre orçamento 2015 com mais que o dobro do valor destinado à publicidade, na comparação com 2014
  5. Portal de investimentos em comunicação desatualizado
  6. Uso do dinheiro público em flagrante desvio de finalidade
  7. Fenaj repudia cerceamento a jornalista

1Prioridade para publicidade

Apenas três meses depois de dizer que vai revitalizar os 53 Distritos Industriais de Minas e antes mesmo de terminar sequer o levantamento cadastral, previsto apenas para novembro, o governo do PT em Minas já gastou quase meio milhão – foram R$ 414.282,93 – para divulgar as ações prometidas.

O valor equivale a 18,1% do custo do projeto, que é de aproximadamente R$ 2,3 milhões, segundo dados do próprio governo em resposta a questionamento que o deputado João Leite (PSDB) apresentou por meio do Portal da Transparência, com base na Lei de Acesso à Informação. O pedido de informações foi feito no dia 21 de julho e a resposta chegou no dia 4 de agosto último.

Publicado em 17 de agosto de 2015

2Hoje em Dia denuncia intimidação e censura por parte da Seds

O jornal Hoje em Dia denunciou no dia 25 de julho de 2015 mais uma tentativa de cerceamento do trabalho jornalístico por parte do governo de Minas. Desta vez, a Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds) extrapolou os limites do bom senso e do respeito à liberdade de imprensa.

De acordo com o editorial, o jornal “foi vítima de uma mal articulada tentativa de intimidação e censura” ao expor, para toda a mídia nacional e em suas redes sociais, uma demanda específica e exclusiva do Hoje em Dia sobre temas relativos à segurança e eventuais problemas no relacionamento entre as políticas Civil e Militar.

Em ofícios enviados à Associação Nacional de Jornais e ao Sindicatos do Jornalistas Profissionais de Minas, o jornal relatou o ocorrido e cobrou um posicionamento. O sindicato dos jornalistas de Minas em divulgou uma nota repudiando a postura da SEDS.

Publicado em 27 de julho de 2015

3Pimentel terá que explicar uso do dinheiro público para autopromoção e propaganda institucional irregular

O PSDB protocolou no dia 23 de junho de 2015, na Procuradoria Geral da Justiça de Minas Gerais, duas representações para que sejam investigadas improbidades administrativas cometidas pela gestão do PT em Minas.

A ação aponta o desvio de finalidade na veiculação de propaganda institucional atendendo a interesses privados. Pela denúncia, a propaganda e as redes sociais institucionais do Governo de Minas, no lugar de informar e dar publicidade aos atos públicos, nos termos do que dispõe o artigo 37 da Constituição Federal, têm sido utilizadas para uso de informações sabidamente falsas e para autopromoção do governador. Como exemplo, a representação anexa posts do Governo do Estado em que, no lugar de “Governo de Minas”, utiliza-se o termo “Governo Fernando Pimentel”, ao mesmo tempo em que redireciona para a página pessoal do chefe do executivo.

Milhões de reais dos cofres públicos foram gastos até agora para tentar confundir a população e esconder a realidade dos fatos: o Governo do PT recebeu da última gestão as contas em dia, com obras em andamento e superávit orçamentário, conforme comprova recente balanço do Banco Central. O suposto déficit tem sido desmentido pela própria imprensa, por órgãos de controle e também por organismos nacionais e internacionais.

Acesse as representações por meio dos links abaixo:

http://psdb-mg.org.br/alias2011/wp-content/uploads/2015/06/final_representa%C3%A7%C3%A3o-tv-veicular-mentira-22-06-2015.pdf

http://psdb-mg.org.br/alias2011/wp-content/uploads/2015/06/FINAL_representa%C3%A7%C3%A3o-tv-desvio-finalidade-22-06-2015.pdf

Publicado em 26 de junho de 2015

4Governo do PT abre orçamento 2015 com mais que o dobro do valor destinado à publicidade, na comparação com 2014

Imagem-1

5Portal de investimentos em comunicação desatualizado

Em dezembro de 2014, o Governo de Minas lançou o portal, disponível no site da Secretaria de Estado de Governo (Segov/MG) http://governo.mg.gov.br/governo/subsecom-transparencia, com informações que dão transparência total aos investimentos feitos pelo Poder Executivo estadual na área de comunicação desde 2003. Por meio desse canal, qualquer cidadão podia ter acesso detalhado aos investimentos publicitários feitos pela administração direta em todos os veículos de comunicação do Estado.

Desde janeiro de 2015, a atualização foi suspensa, interrompendo o esforço de transparência total que foi feito.

Publicado em 26 de maio de 2015

6Uso do dinheiro público em flagrante desvio de finalidade

Em maio de 2015, o Governo de Minas produziu e divulgou filmes publicitários, veiculados em emissoras do Estado, que demonstram claramente o desvio de finalidade de propaganda institucional, em total desrespeito aos princípios da impessoalidade, moralidade administrativa e legalidade. O conteúdo dos filmes tem claro objetivo partidário e está a serviço do PT e não do Governo de Minas.
Foi apresentada ação ao Ministério Público Estadual (MPE) denunciando o uso político dos recursos públicos.

Publicado em 26 de maio de 2015

7Fenaj repudia cerceamento a jornalista

A imprensa mineira denuncia que o Governo do PT em Minas não responde a demandas dos jornalistas. No dia 20 de março, a Federação Nacional dos Jornalistas lançou uma nota de repúdio à agressão de integrantes do governo a repórteres em Divinópolis, no Centro-Oeste do Estado. http://www.fenaj.org.br/materia.php?id=4285
Imagem-2

Um dia antes (19/5), editorial do Jornal Hoje em Dia http://www.hojeemdia.com.br/m-blogs/a-import%C3%A2ncia-da-cultura-1.319163 denunciou o cerceamento ao trabalho da imprensa, uma vez que o governo trata assuntos importantes com evasivas e notas lacônicas, isso quando a imprensa é atendida. Ao que tudo indica para o governo Fernando Pimentel transparência é apenas um slogan.
Imagem-3

O jornal O Tempo também já denunciou a falta de transparência e a recusa do Governo de Minas em responder demandas dos jornalistas.

http://www.otempo.com.br/opera%C3%A7%C3%A3o-com-o-bb-%C3%A9-omitida-1.1036847.
Imagem-4

Publicado em 26 de maio de 2015